“Success is a journey, not a destination. The doing is often more important than the outcome”. A máxima de Arthur Robert Ashe Jr., consagrado tenista norte-americano, é verdadeira e vale para todas as esferas da vida, pois para chegar ao destino desejado, é importante dar atenção e importância à caminhada. E, na área da construção, o gerenciamento de projetos é o grande pilar desta jornada, a qual  é essencial para que se alcance os resultados satisfatórios esperados na obra.

Mas, afinal, em que consiste o gerenciamento de projetos?

O gerenciamento de projetos consiste em administrar todas as etapas produtivas e burocráticas de um projeto construtivo. Esta parte engloba uma coordenação eficiente de distintos recursos, abrangendo materiais, finanças, recursos humanos, equipamentos e tudo que é preciso para que o projeto seja executado com qualidade, sem riscos e de acordo com o orçamento e prazo estabelecidos.

Que características são essenciais a um gestor de projetos?

O profissional responsável pelo gerenciamento de projeto deve ser organizado, já que terá de lidar com planejamento, cronogramas e contratos. Além de tudo, o gestor necessita atuar como um líder, já que será responsável pela equipe envolvida no projeto.

Quais os benefícios de um bom gerenciamento de projetos?

Um gerenciamento de projetos bem executado proporciona um crescimento na economia, produtividade e qualidade, além de reduzir os riscos. Uma boa gestão também deve ser capaz de detectar qual o melhor caminhos para a tomada de decisões mais assertivas.

Que consequências pode ter uma má gestão de projeto?

Uma má gestão de um projeto pode acarretar em problemas relacionados ao cumprimento dos prazos pré-determinados e a entrega e logística de materiais. Também é possível que gere um aumento nos custos orçamentários que haviam sido previstos e, por consegüinte, afete a qualidade da obra.

Como ter um gerenciamento de projetos satisfatório?

O mais importante para que um projeto seja bem gerenciado é ter um gestor e uma equipe composta por pessoas especializadas, qualificadas e com know-how nos temas que as competem. Também é necessário que o responsável acompanhe cada etapa do ciclo de vida do projeto construtivo. Para que tudo isso aconteça, é importante que haja uma mudança de paradigmas na maneira de trabalhar, fazendo do trabalho colaborativo, da documentação e do intercâmbio de informações peças essenciais nessa nova dinâmica. Além disso, é importante que o gestor esteja atento às novas metodologias e  às novas tecnologias como todo que engloba o Building Information Modeling e formações para trazer processos e métodos inovadores à equipe e à obra.  

 

zigurat project management

Sem mais artigos