MASTERCLASS

O uso do TQS visando a interoperabilidade com as especificidades da arquitetura

Preencha o formulário para acessar o vídeo

Clique no botão se você aceita os termos de uso, política de privacidade, política de cookies e aviso legal.

Apresentado por:

li_chong

Li Chong Lee Bacelar de Castro

Engenheiro Civil e Doutor em Estruturas e Construção Civil

International Master BIM Manager em Infraestruturas.
Analista de Infraestrutura da Controladoria Geral da União – CGU.
Atua principalmente em Soluções inteligentes em projetos, implantação e operação BIM. Elaboração de projetos estruturais, estruturas especiais e de grande porte, fundações e contenções, reabilitação e reforço.

Introdução:

Nessa masterclass vamos abordar como um software estrutural, com as normas brasileiras, pode se adequar aos demais fluxogramas recebidos por arquitetos. Hoje existem algumas maneiras de se ter a interoperabilidade e aproveitar a informação, entre eles, seja por meio de CAD, de arquivo neutro – IFC, ou seja por meio de arquivo proprietário, quando de fala em plug-ins. Nesta primeira parte, serão mostradas estas funcionalidades e como que elas agregam valor à sequência do cálculo estrutural até o momento do lançamento.

Posteriormente, vamos tratar como é feita a coordenação 3D ou ainda a possibilidade de uma compatibilização se isso estiver dentro do contrato com os participantes. E na finalização da Masterclass vamos tratar das diferenças entre se projetar sozinho ou se projetar de forma colaborativa.

Start typing and press Enter to search