In Não categorizado
BIM em infraestruturas evento INFRA BIM 4.0

No dia 9 de Setembro, Zigurat sediou um evento online que contou com as apresentações dos profissionais da linha de frente da nova estratégia nacional com foco especial na setor das infraestruturas.

A transmissão reuniu mais de 1400 profissionais do setor da construção civil para participar da discussão e ter uma visão mais clara do que a nova legislação de implementação do BIM poderia significar para seu trabalho diário. A agenda multifacetada incluiu representantes do governo, empresas e associações para oferecer uma perspectiva abrangente  que implica a nova Estratégia BIM BR e as medidas que as empresas devem tomar para se adaptarem à nova forma de trabalho.

Espectro BIM em infraestruturas representado do nível estratégico ao nível tático e operacional em um único dia

Em termos de estratégia, tivemos apresentações focadas em BIM da Frente Parlamentar BIM, Ministério da Economia, Ministério de Infraestrutura, ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial) e Secretaria de Infraestrutura e Logística do Governo do Estado do Paraná. A metodologia BIM foi reconhecida por todos como um importante motor de eficiência e transparência para a gestão de obras públicas, que hoje se depara com uma realidade em que apenas 2% dos projetos ficam dentro do orçamento e as entregas são feitas em média com 20 meses de atraso no caso de grandes obras. Estes dados não só explicam o interesse do governo em implementar a nova regulamentação a partir de 1º de janeiro de 2021, mas também mostram porque a metodologia BIM se tornou a peça central desta estratégia.

O BIM no nível tático foi representado a partir da perspectiva das associações públicas que desenvolvem boas práticas para o setor das infraestruturas. Os expertos da ABNT e PISAC abordaram a questão da normalização BIM no Brasil do ponto de vista das normas técnicas.

Com relação aos casos de usos práticos do BIM em diferentes áreas de infraestrutura, o INFRA BIM 4.0 teve representantes de empresas de referência como Imagem, Esri, Aegea e AX4B para apresentar temas como ferrovias, saneamento básico, rodovias, etc.

O evento terminou com uma mesa redonda onde o diretor e os professores do Master Internacional em BIM Management para Infraestruturas, Engenharia Civil e GIS, Washington Luke, Wagner Oliveira de Carvalho e Anderson Santos de Oliveira, respectivamente, além do representante da Image e Esri, Caio Riebold, discutiram os desafios e oportunidades para o BIM no setor das infraestruturas no Brasil. Este painel nos permitiu compreender um pouco melhor as ações imediatas que devem ser tomadas tanto por profissionais que desejam atualizar suas habilidades quanto por empresas para não perder relevância. E o público concordou: Agora é hora de aproveitar as oportunidades que estão batendo à porta!

O futuro do BIM em infraestruturas no Brasil é agora

Como já dissemos em várias ocasiões, o ano de 2020 representa o marco em que a metodologia BIM está sendo consolidada no Brasil como a maneira predominante de trabalhar em um projeto público. Se por algum motivo você não pôde participar do INFRA BIM 4.0 ou está ansioso para saber mais sobre a implementação do BIM no campo de infraestrutura, convidamos você a checar estes próximos eventos no Brasil: Paving Virtual e SeBIM.

Ambos são eventos nacionais de referência que este ano são realizados online e oferecem também a perspectiva exclusiva de especialistas da Zigurat Global Institute of Technology.

Recent Posts

Start typing and press Enter to search

SEBIM Seminario BIMCursos de Aperfeiçoamento de Zigurat